sábado, 1 de março de 2014

Serralha-áspera (Sonchus asper)





Serralha-áspera * [Sonchus asper (L.) Hill **]
Erva anual ou bienal da família Asteraceae, espécie que engloba duas subespécies: a nominal (S. a. asper)  e a subsp. glaucescens, correspondentes, ao que parece,  aos dois tipos biológicos da espécie: terófito, aquela e hemicriptófito, esta, com ciclo vegetativo anual e bienal respectivamente. As duas subespécies distinguir-se-iam, em particular, pelo facto de a subsp. glaucescens ser muito mais espinhosa do que a subespécie nominal.
Distribuição: A espécie é originária da Europa, Região Mediterrânica e de parte da Macaronésia. Presentemente é considerada como planta subcosmopolita quanto à distribuição, dado ter sido introduzida e encontrar-se naturalizada em várias outras regiões do globo, sendo que nalgumas ela é mesmo, actualmente, considerada como planta invasora. Em Portugal, onde ocorrem as duas subespécies, a planta é considerada como autóctone quer no território do Continente, quer na Madeira e como espécie introduzida no arquipélago dos Açores.
Ecologia/habitat: baldios, campos cultivados ou em pousio, bermas de caminhos, em locais com alguma humidade, a altitudes até aos 1500 m.
A floração em Portugal decorre, com maior ou menor intensidade, ao longo de quase todo o ano.
*Outros nomes comuns: Serralha-espinhosaSerralha-escuraSerralha-preta
**Sinonímia: Sonchus oleraceus var. asper L. (Basónimo)
Obervação complementar: as folhas desta espécie são comestíveis, sendo utilizadas, designadamente, em saladas.
(Local e data: Serra da Arrábida; Março/ Abril - 2012)

4 comentários:

  1. A Serralha (Sonchus oleraceus), No Ribatejo e Alentejo, em épocas de fome, era utilizada na alimentação, como diz o Francisco e também cozida com feijão. Também é medicinal. Em infusão no tratamento de doenças do fígado e da visicula biliar. As folhas cozidas, aplicadas sobre feridas de dificil cicatrização, são uma boa ajuda.

    Um abraço

    João

    ResponderEliminar
  2. ~ ~
    ~ Cumprimento-o pela galeria de fotos, muito bela e informativa.

    ~ Embora a Serralha seja muito apreciada por campistas, para a confeção de saladas, apenas se devem utilizar as folhas muito jovens para minimizar a absorção de Ácido Oxálico.

    ~ Este ácido existe em todos os vegetais verdes, mas em maiores quantidades no ruibarbo, espinafre, acelgas e folhas de beterraba.

    ~ Pessoas com problemas de litíase, não devem consumir os vegetais que citei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nasceu no meu jardim cheia de espinhos e com flor amarela muito linda.

      Eliminar