quinta-feira, 10 de maio de 2012

Cardo-de-santa-maria (Silybum marianum)








Planta da família Asteraceae, o Cardo-de-santa-maria, também designado por Cardo-mariano e Cardo-leiteiro e com a designação científica de Silybum marianum (L.) Gaertn. (sinCarduus marianus L.; Mariana maculata Samp.;Mariana lactea Hill) é considerado originário de toda a Região Mediterrânica, mas encontra-se naturalizado em toda a Europa e noutros continentes. Em Portugal, surge espontaneamente, com frequência, embora nem em todas as regiões. É-lhe atribuída pelos autores preferência por solos secos, mas a verdade é que também já tenho encontrado a espécie em terrenos com bastante humidade (v.g., em vales e à beira de pequenos cursos de água).
Também é cultivado como planta ornamental e é usado em fitoterapia, tendo como principais indicações o tratamento de suporte em doenças inflamatórias do fígado, alegadamente devido à presença de uma substância composta (a silimarina).
(Local e data: Serra da Arrábida; 30 - abril -2012)
(Clicando nas imagens, amplia)

2 comentários:

  1. É uma planta muito ligada à època natlícia, mesmo no seu nome científico.

    Conta a lenda que a Santa Maria na sua fuga para o Egipto, amamentava Jesus recém nascido, quando lhe caíu a mantinha que agasalhava o bebé. Ao apanhá-lo, caíram gotas de leite sobre cardos, que para sempre ficaram com a marca do leite santo.

    Observando as gravuras deste excelente blogue, fico com a impressão de que todas as nervuras têm a côr branca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem interessante a lenda. Que não conhecia. Bem haja!

      Eliminar